Rodrigo Lombardi dança sapateado no “Programa do Jô”

Ator apareceu na gravação de Jô Soares sem a barba e com bigode para interpretar “Don Juan”, que estreia no teatro dia 30 de março

Rodrigo Lombardi foi o convidado especial do retorno das férias do “Programa do Jô”, gravado no final da tarde de hoje, segunda-feira (12), na sede da Globo, em São Paulo.

Durante a entrevista, que vai ao ar esta noite, depois do “Jornal da Globo”, Jô Soares não poupou o ator e fez Rodrigo exibir uns passinhos de sapateado. “Me pegou totalmente desprevenido. Fiz sapateado porque tinha na minha rua e eu era apaixonado por essa dança e fiz escondido. Falava para a minha mãe que ia à farmácia e ia fazer aula. Até o dia que ela descobriu. Ela tirou sarro, mas achou legal”, contou ele, que tinha 20 anos na época e praticou o gênero por sete anos.

Outra curiosidade do ator revelada pelo apresentador global foi sua tentativa de se tornar um jogador de vôlei. “Era um exímio passador”, gabou-se. “Eu simplesmente não cresci e para ser considerado pequeno no mundo do vôlei teria que ser vários centímetros maior”, explicou ele, que não deu continuidade ao esporte.

Rodrigo ainda lembrou uma passagem engraçada no início de sua carreira, com a peça, “Medéia”, em 1997. Esta época Rodrigo ainda não era conhecido. “Do palco via que na primeira fila estava a Irene Ravache. Aquilo me trouxe um negócio, fiz toda uma encenação para ela”, disse. “Quando se as luzes se acenderam vi que a mulher não tinha nada a ver com a Irene Ravache. Me deu uma frustração”, completou ele, aos risos.

Não só nos palcos o ator vivenciou momentos de “descontração”. Nas ruas, Rodrigo se depara com pessoas que ainda o confundem com um de seus personagens mais marcantes de sua careira. “As pessoas encontram comigo na calçada e falam: Você é o Raj (protagonista de “Caminhos das Índias”, 2009)? E eu respondo: Não, sou o Rodrigo. Aí as pessoas se desculpam e vão embora”, contou.

Jô ainda o fez ir além com a sua fama de estabanado. “Pior que isso, é ser esquecido. Desde o ano passado este é o meu quarto celular que perco”, revelou Lombardi.

Após tantas curiosidades reveladas na atração, o pai de Rafael, de 4 anos, falou sobre seu próximo trabalho, “Don Juan”, versão do escritor francês, Molière. “Pouco se sabe do mito de Don Juan. A gente tem aquela manchete: o conquistador das mulheres”, disse. “A obra trata de um grande tratado sobre a hipocrisia. Ele questionava todos os valores de uma sociedade e diversas questões sobre religião, sociedade e a medicina”, explicou. Para se preparar para a peça, Lombardi adotou aulas de kung Fu para manejar as espadas que usará em duelos no palco. “As aulas de Kung Foo são para passar a limpeza dos movimentos pois a técnica de bater uma espada na outra exige cuidado porque se é capaz de machucar”, falou ele que além de tirar a barba e deixar crescer o bigode aparecerá em breve com os cabelos mudados. “Vou colocar mega hair e ficarei uns dois meses e pouquinho com o cabelo na altura dos ombros”, avisou.

IG

Anúncios

Publicado em 13 de março de 2012, em Uncategorized e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: