No final de “Fina Estampa”, Aguinaldo Silva manda Eva Wilma de volta para “A Indomada”

Eva Wilma como Maria Altiva em A Indomada

Nenhuma novela de Aguinaldo Silva (ou de outro autor) fez tantas autoreferências quanto “Fina Estampa”. Primeiro foi Tereza Cristina (Christiane Torloni) revivendo Nazaré Tedesco e empurrando suas vítimas da escada, depois foi tia Íris (Eva Wilma) revivendo os bordões em inglês de sua personagem Maria Altiva em “A Indomada”. E é exatamente essa vilã, que foi uma das mais populares do autor que ele irá, nos últimos capítulos da trama, reviver.

Após Álvaro (Wolf Maya) revelar a Tereza Cristina que eles são irmãos, Íris resolve finalmente partir, não sem antes arrancar um bom dinheiro da sobrinha bastarda, com sua parceira Alice (Thaís de Campos). O final das duas é divertido: Alice resolve virar caminhoneira e ambas partem para o interior do Brasil.

Antes de ir, Alice e Íris discutem o itinerário, composto pelas cidades das novelas nordestinas escritas por Aguinaldo Silva: Asa Branca (“Roque Santeiro”), Santana do Agreste (“Tieta”), Resplendor (“Pedra Sobre Pedra”), Tubiacanga (“Fera Ferida”) e Greenville (“A Indomada”). Veja como será a cena:

ALICE                       — Qual nosso primeiro destino, querida?

ÍRIS                          — Asa Branca tem cara de ser cidadezinha de romeiro, repleta de vendedores de escapulários, santos de barro e beatas!

ALICE                       — Resplendor tem cara de cidade onde tem só hotel fazenda, grêmio recreativo e ciganos espalhados por todo lado.

ÍRIS                          — Tubiacanga tem cara daquelas cidades mineradoras, que o povo acredita que cavando encontra ouro…

ALICE                       — E Santana do Agreste? Tem cara de cidade em que a luz ainda nem chegou… Ou se chegou foi a pouco…

ÍRIS                          — Agora olhe que interessante, Alice darling, uma cidade brasileira com nome inglês. Veja: Greenville!

ALICE                       — Original mesmo!

ÍRIS                          — Não deve ser propriamente uma Manhattan, mas se as pessoas a batizaram com esse nome, no mínimo falam inglês…

ALICE                       — Pelo visto já temos um destino escolhido…

ÍRIS                          — Greenville! Welllll, é isso mesmo my darling, Greenville! É pra lá que nós vamos!

Iris olha então para a câmera com olhar maroto, pisca o olho e diz baixinho: “Eu não disse que voltava?”. A fala é uma referência à última cena de “A Indomada”, em que a vilã Maria Altiva grita: “Eu voltarei!”. Pouco antes de o caminhão seguir pela estrada, o autor aparece e beija as mãos “da divina, eterna Eva Wilma”, de acordo com o roteiro.

UOL

Anúncios

Publicado em 11 de março de 2012, em Uncategorized e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Boa Tarde!Essa novela é chata,copia de Senhora do Destino e outras novelas kkkkk autor ja ta velho e sem criatividade kkkk

  2. kd a fonte tv focoIC ?

  3. Será interessante o final das duas!

  4. ta vendo agora sim . depois fala do TVFOCO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: